COBERTURADESTAQUE

Visão Noturna! Operação Ricardo Kirk: Terra, Mar e Ar treinam a interoperabilidade do voo a noite!

Exercício noturno com helicópteros reúne Forças Armadas.
Militares da aviação da Marinha, do Exército e da Aeronáutica estão desenvolvendo a segunda fase da Operação Ricardo Kirk.
Sob coordenação do Ministério da Defesa, o exercício conjunto, inédito no País, tem por finalidade a interoperabilidade entre as Forças e a padronização de procedimentos na condução de helicópteros em voos noturnos, utilizando Óculos de Visão Noturna (OVN).
O treinamento proporciona o aumento da capacidade das três Forças em operar meios aéreos de forma conjunta, numa mesma missão de incursão de tropa.
A atividade vai auxiliar, também, no planejamento das futuras operações e possíveis ações de emprego em combate.
A primeira fase da operação, ocorrida entre 25 a 30 de julho deste ano, foi destinada ao nivelamento doutrinário de técnicas, táticas e procedimentos na condução de uma fração de helicópteros em voo.
Nesta etapa, o treinamento consiste em incursão aeromóvel noturna, no contexto de uma situação tática, preestabelecida, em ambiente simulado de conflito, com o uso de OVN.
Participam no exercício 25 militares, sendo sete da Marinha, 13 do Exército e cinco da Aeronáutica, além de helicópteros modelo H-225M das três Forças.
Estão destacados no evento o 1º Batalhão de Aviação do Exército, o Esquadrão HU-2 da Marinha, o 3º Esquadrão do 8º Grupo de Aviação da Força Aérea e a 12ª Brigada de Infantaria Leve.
Helicópteros H-225M
Oriundos do Projeto H-XBR, iniciado no ano de 2008 pelo Ministério da Defesa e coordenado pelo Comando da Aeronáutica, os helicópteros H-225M integram a frota das Forças Armadas.
A aquisição possibilitou transferência de tecnologia e ampliação da capacidade brasileira de defesa no campo aeronáutico, em particular, a aviação de asas rotativas (helicópteros).
Serão entregues, até 2027, 50 helicópteros ao todo.
Destes, 16 são destinados à Marinha do Brasil (MB), 16 ao Exército Brasileiro (EB), 16 à Força Aérea Brasileira (FAB) e dois para atendimento à Presidência da República.
Até o presente momento, já foram recebidas 38 aeronaves, sendo 11 para a MB, 13 para o EB, 14 para a FAB.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:COBERTURA