ARCOBERTURA

Shell seleciona H160 para operação pela PHI no Golfo do México

O grupo internacional de energia Shell selecionou o principal operador americano de helicópteros offshore PHI para operar quatro Airbus H160s para atender um contrato de suporte no Golfo do México.
O contrato marca a entrada no mercado de petróleo e gás do H160 com uma riqueza de características de design que prometem novos níveis de segurança, conforto e confiabilidade de programação em operações offshore.
As três empresas – Airbus, PHI e Shell – estão cooperando em uma parceria única.
Em um movimento pioneiro, a Airbus fornecerá um H160 antes das entregas finais para a PHI e a Shell para um programa de um ano de rota para permitir que o operador e o cliente final se familiarizem com as características avançadas do tipo e atenuem os desafios normais em torno da entrada em serviço.
Na PHI estará sediada em Houma, Louisiana e se juntará a uma grande frota de H125s e H135s da empresa implantada em serviço médico de emergência em todos os Estados Unidos, bem como dois H145s operando para a Shell no trabalho de inspeção de dutos na Louisiana, e dois H145s voando no ônibus piloto do porto mais longo do mundo em Mackay, Austrália.
O vice-presidente executivo de negócios globais da Airbus Helicopters, Ben Bridge, disse: “Apreciamos muito o pensamento inovador de nossos clientes ao formular esta parceria em torno do H160 que iniciará uma nova era de segurança, confiabilidade e desempenho ambiental na classe média de operações offshore”.
O diretor administrativo da PHI Aviation, Keith Mullett, disse: “Estamos orgulhosos de estar desempenhando um papel fundamental na entrada em serviço do altamente avançado H160 no setor offshore e estamos ansiosos para trazer um passo de mudança nos padrões de operação através do exercício de criação de confiança de rotas acordado com nossos parceiros Airbus e Shell”.
O vice-presidente da Shell Aircraft, Tony Cramp, disse: “A Shell acolhe com satisfação a oportunidade de adotar nova tecnologia de aviação e introduzir esta aeronave altamente avançada e eficiente para atender com segurança nosso vibrante e crescente negócio offshore no Golfo do México dos EUA”.
O gerente geral da Shell – Supply Chain Deepwater, Viet Van acrescentou: “As reduções de emissões que o H160 nos proporciona nos ajudam a continuar a fornecer petróleo e gás natural com a menor pegada de carbono de nosso portfólio global de águas profundas, e são outro passo importante para atingir nossa meta de zero emissões líquidas até 2050”.
Com 68 patentes, o H160 é o helicóptero mais avançado tecnologicamente do mundo e apresenta um conjunto sem precedentes de ajudas piloto fornecidas através de sua aviônica Helionix, o que reduz substancialmente a carga de trabalho da tripulação e diminui o risco de erro do piloto.
Eles incluem o primeiro procedimento de decolagem assistida por helicóptero de solo do mundo, um sistema de pré-alinhamento em estado de vórtice e um modo de recuperação para recuperar automaticamente o voo estável em circunstâncias difíceis.
O H160 é alimentado por dois dos mais recentes motores Arrano da Safran Helicopter Engines e incorpora um sistema de monitoramento incorporado e uma redundância de sensores, e pode ser mantido de forma autônoma longe da base.
O projeto enfatiza a robusta defesa contra a corrosão que prevê especificamente missões offshore.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:AR