ARDESTAQUE

Russian Helicopters/IAS e os Mi-35M/AH-2 Sabre da Força Aérea Brasileira

Os contratos para a manutenção de 1.000 horas correspondentes foram assinados entre a holding Russian Helicopters (parte da Estatal Rostec Corporation) em novembro –  dezembro de 2020  e a Indústria de Aviação e Serviços (IAS), empresa autorizada pela Força Aérea Brasileira.

De acordo com os contratos, a empresa russa fornecerá kits de reparos em grupo para que essas unidades sejam reparadas no Brasil, forneça uma série de novos componentes e também repare algumas das unidades no território da Federação Russa.

Além disso, especialistas do Centro de Construção de Helicópteros “Mil e Kamov” realizarão uma análise de extensão individual do recurso de reparo para helicópteros Mi-35M.

O reparo dos helicópteros será realizado com base no centro de atendimento da empresa IAS, criado no âmbito das obrigações de compensação da parte russa sob o contrato de fornecimento de 12 helicópteros M i-35M ao Brasil.

“Damos especial importância a este projeto e estamos totalmente prontos para implementação. Tenho certeza de que nossos parceiros brasileiros serão capazes de resolver rapidamente uma série de problemas técnicos para começar. Em particular, esperamos que a IAS assine mais cinco acordos e nos envie as listas de unidades acordadas com a FAB para substituição ou reparo na Rússia. Sem esses documentos, não podemos iniciar a produção e adição da propriedade e das unidades necessárias para a revisão”, disse Andrei Boginsky, CEO da Russian Helicopters.

Em 2018, o comandante do 2º/8ºGAV, Rómulo Amaral, em entrevista à revista da Russian Helicopters, observou a alta confiabilidade dos helicópteros russos Mi-35M e sua capacidade em realizar tarefas complexas mesmo em condições climáticas difíceis.

“A adaptação dos helicópteros russos às condições da Amazônia foi bem sucedida e, apesar das diferenças climáticas no Brasil, a necessidade de modificações foi mínima. O helicóptero provou ser verdadeiramente confiável, característica mais importante de uma aeronave criada para realizar operações de combate. A região amazônica permite que o helicóptero mostre sua versatilidade ao máximo, devido ao fato de não exigir uma pista preparada, já que ele pode pousar em qualquer superfície dura, em áreas remotas, com infraestrutura terrestre mínima e independentemente das condições climáticas, proporcionando cobertura de combate constante”, disse Rómulo Amaral.

Segundo o oficial aviador da Força Aérea, com a participação em grandes eventos, o helicóptero viabilizou ações para garantir a cobertura de alvos e localidades importantes.

As capacidades do helicóptero foram  confirmadas durante a Conferência “Rio+20”, a Copa das Confederações (2013), a Copa FIFA de Futebol (2014), os Jogos Olímpicos do Rio (2016) e a Operação “Ostium” (a partir de 2017).

O Mi-35M é um helicóptero de combate multifuncional com alto poder de fogo e capaz de transportar 8 militares armados internamente, assim como até 1500 kg de munição ou outras cargas dentro do cockpit, bem como de até 2400 kg de carga suspensa externamente.

Pode atuar evacuando feridos ou entregando pessoal técnico em bases autônomas de difícil acesso.

Capaz de operar H-24 em qualquer condição climática, de dia ou a noite, pode realizar missões de combate como o apoio aéreo as unidades das forças terrestres com grande variedade de armamento incluindo foguetes e mísseis guiados anticarro.

O helicóptero é conhecido pelas capacidades High and Hot, sendo capaz de decolar e pousar em pistas semi-preparadas localizadas a altitudes de até 4000 metros acima do nível do mar.

Além disso, as soluções de design bem-sucedidas utilizadas no Mi-35M permitem o uso do helicóptero russo em uma ampla gama de condições físicas, geográficas e climáticas, mesmo nas montanhas, a temperaturas de -50°C a +50ºC.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:AR