COBERTURADESTAQUE

Rafael revela Sistema de Armas de Ataque de Longa Distância de 5ª Geração, Marítimo e Terrestre

  • Sea Breaker utiliza as inovações tecnológicas de Rafael, tais como eletro-óptica, visão computadorizada, Inteligência Artificial e algoritmos de tomada de decisão para plena capacidade operacional em ambientes GNSS para missões de superioridade marítima.
Tel Aviv, 30 de junho de 2021 – Rafael Advanced Defense Systems Ltd. revela o Sea BreakerTM, um sistema de mísseis de longo alcance de 5ª geração, autônomo e guiado com precisão, permitindo um desempenho de ataque significativo contra uma variedade de alvos marítimos e terrestres de alto valor.
O Sea BreakerTM é um multiplicador de forças e unidades de artilharia naval, projetado para superar os desafios da arena de guerra moderna, usando o legado de Rafael de soluções de alta precisão guiadas.
O Sea Breaker fornece golpes cirúrgicos de precisão de ponta a ponta, a partir de distâncias de até 300 km.
Ele apresenta um buscador avançado IIR (Imaging Infra-Red), ideal para o engajamento de alvos marítimos e terrestres, estacionários ou em movimento, em arenas avançadas Anti Access/Area Denial (A2/AD), e em águas litorâneas ou marrons, incluindo o arquipélago, bem como para engajamentos nos quais os mísseis da geração anterior baseados em RF-seeker não são eficazes.
O Sea Breaker pode ser lançado de plataformas navais, variando em tamanho, desde barcos de mísseis de ataque rápido, até corvetas e fragatas.
A versão terrestre é uma parte central da defesa costeira, baseada nos lançadores SPYDER, altamente móveis, de Rafael.
A arquitetura da bateria suporta lançadores autônomos, ou operação como uma solução integrada, com uma Unidade de comando e controle (CCU) e vários sensores, com base nos requisitos do cliente.
Usando Inteligência Artificial, o Sea Breaker realiza o aprendizado profundo e a combinação de grandes cenários baseados em dados, uma tecnologia única e comprovada de Rafael, permitindo a Aquisição Automática de Alvos (ATA) e o Reconhecimento Automático de Alvos (ATR).
O sistema tem plena capacidade operacional em arenas com GNSS, em todas as condições climáticas.
O míssil é imune ao ECM e resistente à interferência. O perfil de missão do Sea Breaker permite que o voo de baixo nível acima do solo seja feito com o mar e com o terreno.
Voando a altas velocidades subsônicas, o Sea Breaker tem uma capacidade de ataque multidirecional e sincronizada de esfera total, baseada em planos de ataque predefinidos, de acordo com waypoints, azimute, ângulo de impacto e seleção de pontos de mira, garantindo uma alta probabilidade de sucesso da missão, com uma ogiva de penetração, explosão e fragmentação de 250 lb., tornando um único golpe suficientemente eficaz para neutralizar um navio do tamanho de uma fragata.
O datalink do míssil apóia a tomada de decisão em tempo real e atualizações táticas. Ele também apresenta uma capacidade de abortar a meio de vôo e Avaliação de Danos de Batalha (BDA).

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:COBERTURA