COBERTURADESTAQUE

Polícia Federal: Divulgado edital do concurso para 1.500 vagas!

A PF (Polícia Federal) divulgou nesta segunda-feira (18) o edital do concurso público para o preenchimento de 1.500 vagas do órgão.
Confira a distribuição oficial das vagas:
  • 893 vagas para Agente de Polícia;
  • 400 vagas para Escrivão de Polícia;
  • 123 vagas para Delegado;
  • 84 vagas para Papiloscopista.

As inscrições vão de 22/01 a 09/02 e a aplicação das provas será em 21/03.

Agora entenda um pouco mais do processo que levou a esse concurso.

Pedido de novo concurso foi feito em junho

O Ministério da Justiça e da Segurança Pública enviou um pedido de abertura de concurso público com 1.508 vagas para a Polícia Federal ao Ministério da Economia em 16 de junho de 2020.

Originalmente, esse pedido era para 21 cargos distintos, de níveis médio e superior, com remunerações que podem chegar a mais de R$23 mil.

Vale ressaltar que o concurso previsto irá abranger apenas quatro desses 21 cargos, o que deixa em aberto a possibilidade de mais concursos para a PF em breve.

Provas para Agente, Escrivão e mais

Das quatro categorias que estão previstas para este edital do concurso da Polícia Federal, todas são para nível superior, precisando o diploma ser reconhecido pelo MEC.

Vale destacar que, para a função de Delegado, é preciso que a graduação seja em direito e ter três anos de atividade jurídica ou policial.

Os salários na Polícia Federal para esse concurso partem de R$ 12,5 mil e chegam a mais de R$ 23 mil.

Os cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista têm uma remuneração inicial de R$ 12.522,50.

Já o de Delegado tem um vencimento inicial de R$ 23.692,74.

Último concurso PF

O último certame para a Polícia Federal aconteceu em 2018 e, na ocasião, foram ofertadas 500 vagas de nível superior para Delegado, Perito Criminal Federal, Escrivão, Papiloscopista e Agente de Polícia.

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi a banca examinadora.

Confira as etapas comuns a todas as oportunidades:

  • Provas objetivas e discursivas
  • Exame de aptidão física
  • Avaliação médica e psicológica
  • Investigação social
  • Curso de formação
  • Algumas vagas exigiam provas específicas.

Para o cargo de Delegado, havia as fases de prova oral e avaliação de títulos; para Perito, somente avaliação de títulos; por fim, para Escrivão, prova prática de digitação.

A realização das provas objetiva e discursiva (redação) será no dia 28 de março.
A divulgação do edital com o resultado final das provas será no dia 16 de abril.
Além da prova objetiva e da redação a primeira fase do concurso público será composta por avaliação psicológica, apresentação de documentos, avaliação de saúde, avaliação de títulos e investigação social.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:COBERTURA