COBERTURADESTAQUETERRA

O Celular das autoridades protegidas: Bittium Tough Mobile 2

A Cyber War acrescentou mais um ataque a lista de autoridades governamentais expostas.

Na Espanha, a Ministra de Estado da Defesa e o Primeiro Ministro, ou seja, membros da cúpula do Governo Espanhol, tiveram os seus telefones celulares funcionais invadidos, espelhados e baixados, a soma dos downloads não autorizados chegando a praticamente cinco gigabytes de informação sensível roubada.

O ataque, segundo a imprensa da União Europeia, teria sido perpetrado com o emprego de um software de origem israelense (NSO) conhecido no mercado como Pégasus, que permite acessar os serviços de mensagens e os dados assim que é instalado em um celular, além de ativar o dispositivo de maneira remota para captar imagens ou som.

A NSO sempre afirmou que só vende o software a Estados e que as operações de venda e suporte ao “assinante” desse software devem receber a autorização prévia das autoridades de Israel.

Repercussão no Brasil

O Ministro das Comunicações, Fábio Faria, recebeu na última semana em Brasília uma comitiva da empresa finlandesa Bittium para discutir um tema sensível em ano de eleições, a comunicação segura de autoridades governamentais.

Especializada em soluções seguras e confiáveis de conectividade e comunicação tática, o portfólio da empresa finlandesa inclui o Bittium Tough Mobile 2, apontado pelo mercado como um dos aparelhos celulares para seguros do mundo.

Com um acabamento robustecido por fora, típico de certificações militares, é por dentro que esse aparelho mostra a sua força.

O produto aposta em uma solução de segurança com dual boot, o Tough Mobile 2C rodando o Android 9.0 Pie mais um sistema operacional próprio da Bittium, que é baseado na plataforma da Google.

Com isso, o usuário pode separar o uso pessoal e profissional dentro do aparelho.

O dispositivo utiliza o pacote Bittium Secure Suite, que traz ferramentas rebuscadas de segurança.

O sistema inclui boot seguro, encriptação de disco e proteção durante a navegação online.

O celular da Bittium também conta com opções de segurança que integram hardware e software.

Ao pressionar um botão na lateral do dispositivo, o usuário ativa o modo de privacidade. Segundo a fabricante, a função desabilita câmeras, microfones e sensores que podem ser utilizados para coletar dados.

A Bittium possui na atualidade operações nos Estados Unidos, Alemanha, Singapura e México. A sede da empresa fica em Oulu, na Finlândia.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:COBERTURA