ARDESTAQUEMARTERRAVÍDEO DO DIA

Novos Comandantes Militares apresentados pelo novo Ministro da Defesa

O ministro da Defesa, Braga Netto, anunciou nesta quarta-feira (31) o nome dos três novos comandantes das Forças Armadas brasileiras (Exército, Marinha e Aeronáutica). 

Para o Exército, foi escolhido o nome do general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, atual chefe do Departamento-Geral de Pessoal (DGP) da corporação. Ele vai substituir o general Edson Pujol, que deixou o cargo ao lado dos outros comandantes das Forças nesta semana por decisão do presidente e do novo ministro da Defesa, em um gesto inédito na histórica do país.

Na Marinha, assume o almirante de esquadra Almir Garnier Santos, no lugar de Ilques Barbosa. Santos deixará o comando da secretaria-geral do Ministério da Defesa.

Já o escolhido para comandar a Força Aérea Brasileira (FAB) é o brigadeiro Carlos Alberto Batista Júnior, atual comandante-geral de apoio (logística) da corporação. Ele substitui Antônio Carlos Moretti Bermudez.

Em um breve pronunciamento para apresentar os novos comandantes, o ministro da Defesa falou sobre a atuação das Forças Armadas no combate a pandemia. “As Forças Armadas são fatores de integração nacional e têm contribuído diuturnamente nessa tarefa com a Operação Covid-19 com inúmeras atividades”, destacou Braga Netto. Ele também afirmou os militares se manterão fieis à Constituição Federal.

“A Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aéra brasileira se mantêm fieis às suas missões constituicionais de defender a pátria, garantir os poderes constitucionais e as liberdades democráticas”.

General-de-Exército PAULO SÉRGIO NOGUEIRA DE OLIVEIRA

Ao ser nomeado para o cargo de Comandante do Exército, o General-de-Exército PAULO SÉRGIO NOGUEIRA DE OLIVEIRA exercia o cargo de Chefe do Departamento-Geral do Pessoal, situado em Brasília-DF.

Foi promovido ao posto atual em 31 de março de 2018.

Nasceu na cidade de Iguatu – Estado do Ceará; tem 59 anos de idade e 44 anos de efetivo serviço.

Oriundo do Colégio Militar de Fortaleza, incorporou às fileiras do Exército em 4 de março de 1974, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas-SP.

Em 1977, ingressou na Academia Militar das Agulhas Negras, sediada em Resende – Rio de Janeiro, tendo sido declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Infantaria em 15 de dezembro de 1980.

Além dos Cursos de Formação, de Aperfeiçoamento, de Altos Estudos Militares e de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército, é possuidor do Curso de Operações na Selva e dos Estágios de Escalador Militar, de Operações Psicológicas e de Comunicação Social.

Durante sua vida militar, foi instrutor da Academia Militar das Agulhas Negras em três oportunidades, sendo, em uma delas, Comandante do Curso de Infantaria da AMAN.

Em 1994, foi Subcomandante do 2º Batalhão de Infantaria de Selva, nesta cidade.

Comandou o 10º Batalhão de Infantaria Leve-Montanha, em Juiz de Fora–MG.

Exerceu, ainda, as funções de: Oficial de Estado-Maior da 12ª Região Militar, Adido de Defesa, Naval, do Exército e Aeronáutico do Brasil no México; Chefe da Seção de Promoções de Oficiais da DAProm; Subdiretor de Avaliação e Promoções; e Chefe da 5ª Seção do Comando da 10ª Região Militar.

Como Oficial General exerceu os cargos de Chefe do Estado-Maior do Comando Militar do Oeste, Campo Grande – MS; Comandante da 16a Brigada de Infantaria de Selva, Tefé-AM; Chefe do Estado-Maior do Comando Militar da Amazônia – Manaus-AM; Comandante da 12ª Região Militar, também em Manaus-AM; Subchefe de Assuntos Internacionais do Ministério da Defesa; Subchefe de Organismos Americanos do MD, em Brasília-DF, Comandante Logístico do HFA, Comandante Militar do Norte e Chefe do Departamento-Geral do Pessoal.

Das condecorações com que foi agraciado, destacam-se: a Ordem do Mérito Militar; a Ordem do Mérito Naval, a Ordem do Mérito Aeronáutico, a Ordem do Mérito Judiciário Militar, a Medalha Militar de Ouro, com Passador de Platina, a Medalha do Pacificador, a Medalha da Vitória, a Medalha Santos Dumont, o Distintivo de Comando Dourado e a Medalha de Serviço Amazônico, com Passador de Prata.

O General PAULO SÉRGIO é casado com a Sra MARIA DAS NEVES PAIVA FRANÇA DE OLIVEIRA e o casal tem três filhos e dois netos e uma neta.

Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos

Nascimento: 22 de Setembro de 1960
Naturalidade: Rio de Janeiro-RJ

 

2 – CARREIRA

Guarda-Marinha: 13DEZ1981
Segundo-Tenente: 31AGO1982
Primeiro-Tenente: 31AGO1984
Capitão-Tenente: 31AGO1987
Capitão de Corveta: 31AGO1993
Capitão de Fragata: 30ABR1999
Capitão de Mar e Guerra: 25DEZ2004
Contra-Almirante: 31MAR2010
Vice-Almirante: 31MAR2014
Almirante de Esquadra: 25NOV2018

 

3 – COMISSÕES

NE “Custódio de Mello”;

(Ciclo Escolar – Período de: 11/03/1982 a 20/09/1982)

Fragata “Independência”;

(Ajudante da Divisão de Operações – Período de: 21/09/1982 a 21/12/1984)

Centro de Instrução “Almirante Wandenkolk”;

(Aluno do Curso de Aperfeiçoamento de Eletrônica para Oficiais, o qual concluiu com “Distinção” – Período de: 21/12/1984 a 02/01/1986)

Fragata “Independência”;

(Ajudante da Divisão de Operações – Período de: 15/01/1986 a 23/11/1987)

Navio Escola “Brasil”;

(Instrutor de Operações Navais e Encarregado da Divisão de Operações – Período de: 23/11/1987 a 28/11/1989)

Fragata “União”;

(Encarregado da Divisão “O-2” – Período de: 05/01/1990 a 12/06/1991 e Chefe do Departamento de Operações – Período de: 20/02 a 29/03/1990)

Comissão Naval Brasileira em Washington;

(Aluno do Curso de Mestrado em “Operations Research Systems Analisys”, em Monterey-EUA – Período de: 08/07/1991 a 29/09/1993)

Centro de Análises de Sistemas Navais;

(Gerente do Projeto “Tática para Proteção a Comboio ou Força Naval” – Período de: 08/06/1994 a 27/11/1997; Gerente do Projeto – Controle de Área Marítima – SAD-CAM – Período de: 30/12/1996 a 27/11/1997; e Assessor do Departamento de Análises de Sistemas – Período de: 27/11/1997 a 13/02/1998)

Escola de Guerra Naval;

(Aluno do Curso de Estado-Maior para Oficiais Superiores – Período de: 13/02/1998 a 16/12/1998)

Centro de Análises de Sistemas Navais;

(Assessor Militar do Departamento de Análises de Sistemas – Período de: 17/12/1998 a 01/11/2002; Gerente do Projeto – Sistema de Simulação de Guerra Naval – Período de: 01/07/2000 a 27/02/2002; e Gerente do Projeto – Sistema de Apoio a Decisão – Cobertura Radar na Amazônia – SAD-CRAm – Período de: 27/02/2002 a 01/11/2002)

Navio Tanque “Almirante Gastão Motta”;

(Comandante – Período de: 10/02/2003 a 01/03/2004)

Diretoria de Telecomunicações da Marinha;

(Superintendente de Sistemas – Período de: 15/03/2004 a 30/01/2006)

Centro de Apoio a Sistemas Operativos;

(Comandante – Período de: 09/02/2006 a 30/01/2008)

Escola de Guerra Naval;

(Curso de Política e Estratégia Marítima – Período de: 25/02/2008 a 17/12/2008)

Ministério da Defesa;

(Chefe de Gabinete do Chefe de Estado-Maior de Defesa – Período de: 13/02/2009 a 16/04/2010)

Comando de Operações Navais;

(Subchefe de Inteligência Operacional – Período de: 07/04/2010 a 11/04/2012)

Centro de Análises de Sistemas Navais;

(Diretor – Período de: 21/03/2012 a 16/04/2013)

Escola de Guerra Naval;

(Diretor – Período de: 04/04/2013 a 28/04/2014)

Ministério da Defesa

(Assessor Especial Militar do Ministro de Estado da Defesa – Período de: 18/06/2014 a 05/01/2017 ); e

Comando do 2º Distrito Naval

(Comandante – Período de: 09/01/2017 a 23/01/2019)

Ministério da Defesa

(Secretário-Geral do Ministério da Defesa – Período de: 15/01/2019 – atualmente)

Comando da Marinha

(Comandante da Marinha Nomeado – Período ASC)

Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior

Perfil
Natural do Rio de Janeiro (RJ), o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior ingressou na Força Aérea Brasileira em 03 de março de 1975 e foi promovido ao posto de Tenente-Brigadeiro em 31 de março 2018.

Durante a carreira de 46 anos dedicados à vida militar, assumiu o comando, a chefia e a direção de diferentes organizações da FAB, entre elas, foi o primeiro Comandante do 2º/6º Grupo de Aviação – Esquadrão Guardião; Comandante da Base Aérea de Fortaleza; Adjunto do Adido de Defesa e Aeronáutica nos Estados Unidos; Subchefe de Apoio do Comando-Geral de Apoio; Presidente da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate e Chefe do Subdepartamento de Desenvolvimento e Programas; Comandante do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro; Diretor da Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico; Vice-Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica; Chefe de Operações Conjuntas do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas do Ministério da Defesa. Atualmente, é o Comandante do Comando-Geral de Apoio.

O Oficial-General é oriundo das aviações de caça e reconhecimento. Possui 4 mil horas de voo, sendo 2.200 horas em aeronaves de caça. Já voou nas seguintes aeronaves: T-23, T-25, AT-26, C-95, T-27, U-7,U-42, F-103, F-5, EMB 135/145/C-99, E/R-99, C-98B.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:AR