COBERTURADESTAQUE

Mac Jee acompanha, na FPV/IMBEL de Piquete, avaliação dos foguetes que serão usados em testes do Armadillo no final de agosto

Os preparativos para as verificações funcionais do Armadillo no final de agosto, no Rio de Janeiro, estão acelerados.

O Grupo Mac Jee, formado por empresas brasileiras do segmento de Defesa e Aeroespacial, criador desse arrojado lançador de foguetes, está cuidando de todos os detalhes para a realização das atividades programadas com o Armadillo entre os dias 23 e 27 deste mês, na área do CAEX (Centro de Avaliações do Exército), em Guaratiba, zona oeste do Rio.

O CAEX atuará como colaborador técnico nessa ação de ensaio do produto.

O Armadillo é um dos lançadores de foguetes mais leves, compactos e rápidos do mercado global, projetado e desenvolvido para condições extremas de operação. O veículo tem alto poder de ataque, pode retrair o sistema de lançamento durante a fase não ofensiva, e lança mais de 70 foguetes 70 mm em poucos minutos.

Como primeiro passo para o experimento com o lançador de foguetes no Rio, no dia 28 de julho, foram realizados ensaios de queima, em banco fixo, de oito amostras de motores foguete, em temperatura ambiente, de propriedade da Mac Jee.

A ação ocorreu nas instalações da Fábrica Presidente Vargas – FPV, situada em Piquete (SP), filial da Indústria de Material Bélico do Brasil – IMBEL.

As atividades foram conduzidas por uma equipe da FPV, e acompanhadas por profissionais de Engenharia e Qualidade da Mac Jee.

Os testes foram demandados pela empresa Mac Jee, exclusivamente, para atender os ensaios de queima à temperatura ambiente.

Os resultados obtidos se caracterizam por apresentar as curvas de pressão e empuxo, em banco fixo e na temperatura ambiente, de foguetes SBAT 70 M4, sem levar em consideração outros aspectos de testagem.

A IMBEL, Empresa Estratégica de Defesa e Segurança, foi constituída pela Lei nº 6.227, de 14 de julho de 1975, mas sua origem foi em 1808, como Fábrica de Pólvora da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, acumulando, portanto, mais de 200 anos de experiência.

Armadillo – Com tecnologia inovadora, o Armadillo é atualmente um dos grandes investimentos da Mac Jee.

Trata-se de um sistema lançador de foguetes montado sobre veículos 4×4, extremamente leve e ágil, preparado para atender os requisitos de várias forças armadas. Pode ter operação independente ou em suporte a tropas.

O Armadillo é rápido em deslocamento e tem elevado poderio ofensivo. Conta com sistemas de geolocalização, identificação de alvo e comunicação integrada com sistemas de defesa.

Sobre a Mac Jee – A Mac Jee é uma das principais empresas da Base Industrial de Defesa (BID) do Brasil. Com atuação global, possui unidades fabris em São José dos Campos (SP) e Paraibuna (SP), com escritórios também em São Paulo e França.

Há mais de uma década no mercado, atua nos segmentos de Defesa e Aeroespacial.

Atualmente é formada por Mac Jee Defesa, responsável pelo desenvolvimento, fabricação e comercialização de sistemas de defesa; Mac Jee Tecnologia, especializada no aprimoramento ou criação de linhas de produtos energéticos, e Equipaer, responsável pela criação de produtos e serviços do segmento aéreo.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

6 Comments

  1. Parece que não houve um interesse por parte das Forças Armadas em adquirir este veículo. Seria interessante vê-lo integrando força nas forças.

    1. Pra ter interesse em adquirir, o produto tem que ao menos estar pronto… Mas vamos ver o desenrolar do Armadillo…

      1. Não necessariamente. Só da apresentação do produto já se pode demonstrar interesse em obtê-lo futuramente, por exemplo.

        1. Concordo (e também discordo kk), mas acho que sim, as FFAA talvez estejam interessadas no Armadillo, só estão esperando ele realizar o primeiro teste (isso é o que eu espero).
          E além do LMV do EB, esse sistema poderia equipar os futuros JLTV dos CFN.

          1. Com certeza estão sim esperando pelos testes agora, final de Agosto. Torço muito pra que este equipamento venha ser empregado em uma de nossas forças ou quem sabe todas. Tá aí algo que não vi e você foi cirúrgico; este equipamento também dá uma bela dupla com os futuros JLTV dos CFN.

      2. Ao meu ver, este veículo dá uma bela combinação com os IVECO LMV e Guarani.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:COBERTURA