COBERTURADESTAQUEMAR

Israel assina acordo de submarinos com a alemã Thyssenkrupp

Diretor-geral do Ministério da Defesa, Maj. Gen. (Res.) Amir Eshel (L.) e presidente do conselho executivo da ThyssenKrupp Marine Systems, Dr. Rolf Wirtz, assinam o acordo no Ministério da Defesa em Tel Aviv, quinta-feira. (Ministério da Defesa)

Israel assinou acordo com a Thyssenkrupp Marine Systems da Alemanha para desenvolver e produzir três submarinos avançados para a Marinha de Israel em um acordo no valor de US$ 3,4 bilhões, disse o Ministério da Defesa de Israel.

As partes também assinaram um acordo de cooperação estratégica industrial que totaliza mais de 850 milhões de euros, disse o ministério.

O primeiro dos submarinos, parte de uma nova série que Israel está chamando de Dakar, será entregue dentro de nove anos, segundo o governo de Israel.

Diretor-geral do Ministério da Defesa, Maj. Gen. (Res.) Amir Eshel (L.) e presidente do conselho executivo da ThyssenKrupp Marine Systems, Dr. Rolf Wirtz, assinam o acordo no Ministério da Defesa em Tel Aviv, quinta-feira. (Ministério da Defesa)

A Marinha de Israel opera cinco submarinos da classe Dolphin construídos na Alemanha, com um sexto encomendado e em construção na Alemanha.

Os três submarinos Dakar substituirão três dos antigos Dolphins.

O acordo também inclui a construção de um simulador de treinamento em Israel e o fornecimento de peças de reposição.

O anúncio ocorre apenas alguns dias antes de o gabinete de Israel discutir a formação de um painel investigativo que analisará o processo de tomada de decisão, entre 2009 a 2016, por trás de compras anteriores de submarinos e navios-mísseis da Alemanha no valor de centenas de milhões de dólares.

No ano passado, os promotores de Israel acusaram vários israelenses, incluindo um empresário, um ex-oficial da Marinha e um ex-ministro, de suborno, lavagem de dinheiro e evasão de impostos em conexão com essas aquisições.

A Thyssenkrupp disse que uma investigação interna não encontrou evidências de corrupção no tratamento das vendas, e as autoridades de Israel não tomaram nenhuma medida contra o conglomerado.

Fonte: Hamodia

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

1 Comment

  1. Qual armamento e qual exatamente a função destes submarinos? Se ficarem no mediterrâneo quais seriam os alvos: Síria? Seriam mais úteis no Mar Vemelho para seguir ao Golfo Pérsico atacar alvos no Irã.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:COBERTURA