COBERTURADESTAQUETERRAVÍDEO DO DIA

Exército Brasileiro adquire mais 50 mísseis RBS70 MK2 da SAAB por US$ USD 2,95 milhões.

O Exército Brasileiro, através da Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW), tornou público a compra de mais um lote de mísseis terra-ar (antiaéreos) do tipo RBS-70 MK2 fabricados pela sueca SAAB.

Pelo contrato PC-1016/2021, serão entregues 50 mísseis RBS-70 MK2, cada um avaliado em US$ USD 59.000,00.

Especialmente eficazes na defesa antiaérea de “baixa altitude”, esses mísseis podem ser lançados com total segurança de áreas urbanas sem colocar em risco a população que está sendo defendida por ele.

A nova encomenda de RBS-70 MK2 confirma o sucesso desse sistema no Exército Brasileiro, que o emprega nos Grupos de Artilharia Antiaérea desde 2014.

Operados por um sistema de guiamento por feixes de laser, esses artefatos são resistentes a contramedidas anti-míssil do inimigo e podem ser destruídos remotamente em caso de ser necessário abortar um disparo já em voo.

O RBS-70 é um sistema de defesa antiaérea de curta distância, com capacidade de interceptação entre cinco a sete quilômetros de distância e “cobertura de altitude” de até 4.000 metros.

A nova encomenda, avaliada em US$ USD 2,950 milhões, foi tornada pública pela Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW).

Coube à Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW) a contratação, efetivada no dia sete de outubro passado, com prazo de entrega até 30 de setembro de 2024.

Esses armamentos integram a diretriz que criou o Sistema de Armas de Seção de Míssil Telecomandado que, por sua vez, integra o Projeto Estratégico do Exército – Defesa Antiaérea (PEEDAAe).

A diretriz do Estado-Maior do Exército, através da Portaria Nº 21-EME, de 6 de fevereiro de 2014, tratou de “regular as medidas necessárias à aquisição e implantação do Sistema de Armas de Seção de Míssil Baixa Altura Telecomandado (Sist A Seç Msl Bx Altu Tcmdo)”.

O RBS 70 em suas diferentes versões chegou ao Brasil em operação “complementar” à aquisição do concorrente russo MANPADS IGLA-S 9M342.

A arma russa é fabricada pelo KBM Scientific Production Concem, integrante da JSC High Precision Systems Scientific Production Association.

Fotos: Roberto Caiafa/Exército Brasileiro

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

1 Comment

  1. Boa! Parabens ao nosso Exercito. Quanto mais equipamento moderno para nosso EB, melhor!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:COBERTURA