COBERTURADESTAQUETERRA

IBAMA abre licitação para adquirir 203 drones, sendo 10 de médio porte.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) anuncia a abertura do edital 00024/2021 para aquisição de drones.

O objeto da licitação é a escolha da proposta mais vantajosa para a aquisição de sistemas de aeronaves remotamente pilotadas com características específicas e necessárias para o exercício das atividades finalísticas do Ibama.

A licitação será dividida em itens, conforme tabela constante do Termo de Referência, facultando-se ao licitante a participação em quantos itens forem de seu interesse. O critério de julgamento adotado será o menor preço do item.

Data da sessão: 25/10/2021
Horário: 09h30 (hora de Brasília)
Local: Portal de Compras do Governo Federal – www.gov.br/compras/pt-br

Itens a serem licitados

O edital prevê a tomada de preços para drones de dois tipos de emprego:

Básico

Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada de asas rotativas de emprego básico (RPAS #1). Quantidade: 193.

Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada composto aeronave de asas rotativas, com peso máximo de decolagem inferior a 2kg, braços dobráveis, controladora de voo em redundância, sistema anti colisão omnidirecional, autonomia de voo de 30 minutos ou superior, link de rádio de 8km ou superior (padrão FCC), câmera bi-híbrida estabilizada nos 3 eixos com (a) sensor RGB com resolução de imagem de no mínimo 40MP e de vídeo de no mínimo 4k, com no mínimo 30x de zoom, e (b) sensor termográfico com resolução de imagem de no mínimo 640×512, com no mínimo 8x de zoom. Estação de Pilotagem Remota (rádio controle) com tela de pilotagem integrada com resolução de no mínimo 1920×1080 e no mínimo 1000cd/m² de brilho e componentes adicionais.

Avançado

Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada de asas rotativas de emprego avançado (RPAS #2). Quantidade: 10.

Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada composto por aeronave de asas rotativas, com peso máximo de decolagem inferior a 10kg, braços dobráveis, controladora de voo em redundância, autonomia de voo de 50 minutos ou superior, link de rádio de 10km ou superior (padrão FCC), e sistema de intercâmbio de câmeras com encaixe do tipo plug and play com as câmeras que seguem: (i) câmera estabilizada nos 3 eixos, quadri-híbrida com (a) sensor RGB com resolução de imagem de no mínimo 20MP e de vídeo de no mínimo 4k, com no mínimo150x de zoom, (b) sensor grande angular com resolução de imagem de no mínimo 20MP e campo de visão de 80° ou superior (c) sensor termográfico com resolução de imagem de no mínimo 640×512, com no mínimo 8x de zoom, e (d) sensor telemétrico com alcance de medição de 1000m ou superior; e (ii) câmera estabilizada nos 3 eixos com sensor RGB fullframe com resolução de imagem de no mínimo 40MP e obturador mecânico; Estação de Pilotagem Remota (rádio controle) com tela de pilotagem integrada com resolução de no mínimo1920x1080 e no mínimo 1000cd/m² de brilho e componentes adicionais.

Acesse a íntegra do edital 00024/2021 para aquisição de drones.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

1 Comment

  1. Excelente matéria Caiafa, parabéns pelo trabalho.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in:COBERTURA