DESTAQUETERRA

Brasil em busca de um blindado 8×8 armado com canhão: Viatura Blindada de Combate Cavalaria (VBC-Cav).

O Boletim do Exército Nº 53, o último de 2020, estampou na página 22 a Portaria EME/C Ex nº 275, de 11 de dezembro último, com a diretriz de iniciação do projeto de obtenção da viatura blindada de combate de Cavalaria (VBC-Cav).

O documento também cria equipe para a realização dos estudos de viabilidade e elaboração da proposta do modelo a ser seguido.

O documento cita como desejável um total de 221 veículos blindados contratados antes de 2026, mais um contrato de suporte logístico integrado (SLI) semelhante aos que estão sendo propostos para a modernizações do EE-9 Cascavel e a atualização do Leopard 1A5 BR.

Com essa compra a Força Blindada brasileira busca sanar deficiências em poder de fogo e capacidade de combate anticarro dentro dos regimentos e esquadrões de Cavalaria mecanizados (leia-se Brigadas Guarani), complementando/retirando de serviço gradualmente cerca de 200 VBR EE-9 Cascavel que ainda permanecerão em serviço por mais 15 anos.

As principais características dos requisitos operacionais compreendem tração 8X8; armamento principal (canhão) de calibre mínimo de 105 mm; Dotação de sistema de comando e controle (C2) interoperável com o sistema da Força Terrestre e com as versões adotadas nas viaturas de família de blindados Guarani; e comunalidade entre os diversos subsistemas com o projeto de modernização da VBR EE-9 Cascavel.

 

As diretrizes publicadas anteriormente nos últimos boletins do Exército deixam claro a continuidade do trabalho feito pelo GT Nova Couraça sob a égide do Subprograma Forças Blindadas (S Prg EE F Bld), integrante do Programa Estratégico do Exército (Prg EE) Obtenção da Capacidade Operacional Plena (OCOP).

Restam para serem divulgados, de acordo com os RO e RTLI apresentados em fevereiro/março de 2020, pelo Estado-Maior do Exército, as diretrizes da viatura blindada de combate carro de combate corrente (VBC CC corrente) e da viatura blindada de combate de fuzileiros (VBC Fuz), acreditando-se que ambos deverão ser publicadas em janeiro de 2020.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

1 Comment

  1. Caiafa parabéns pelo canal ok.
    Não consigo entender a insistência do exército com este canhão de 105 m , acho que se for de 120 m será mais fácil para vender depois.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:DESTAQUE