COBERTURADESTAQUETERRA

Ares Aeroespacial e Defesa e a modernização do Cascavel EE-9

A Ares Aeroespacial e Defesa, empresa brasileira estratégica de Defesa, é uma das candidatas para realizar o projeto de modernização das viaturas EE-9 Cascavel do Exército Brasileiro.
Em dezembro do ano passado, o Estado-Maior do Exército aprovou a diretriz de iniciação do projeto e criou uma equipe para a realização do Estudo de Viabilidade e elaboração da Proposta de Modelo de Obtenção.
O programa prevê a modernização de um número entre 98 e 201 viaturas durante um período de 8 anos.
Atualmente, o Exército possui 409 desses blindados 6×6 em carga.
De acordo com o diretor de marketing da ARES, Frederico Medella, a proposta da empresa engloba soluções da Elbit Systems e AEL Sistemas, o que contempla o knowhow em torres e estação de armas, a transferência de tecnologias e a experiência do grupo que faz parte na modernização de veículos de combate ao redor do mundo.
“Além da empresa já ter experiência, nossa proposta oferece comunalidade com as outras estações de armas em operação no Exército Brasileiro. Isso pode nos dar alguma vantagem competitiva, principalmente no que diz respeito ao suporte ao ciclo de vida do material”.
Além disso, o suporte logístico que a ARES estabeleceu no âmbito do Programa Estratégico do Exército Guarani pode contribuir bastante com esse projeto caso a empresa seja a escolhida, já que mantém bases avançadas distribuídas pelo Brasil e apoiadas pela sede da empresa no Rio de Janeiro.
As bases avançadas estão no Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e no Distrito Federal.
Ainda, se for necessário, a ARES poderá associar-se com outras empresas para melhor atender o Exército Brasileiro. “A ARES está apta a desenvolver uma solução de modernização customizada que atenda às necessidades operacionais, bem como o orçamento do nosso principal parceiro – o EB”, declarou Medella.
A empresa fez parte do consórcio formado por Oto Melara do Brasil, Elbit e IMBEL que ganhou a concorrência para fornecimento da torre Hitfact que equiparia o Veiculo Blindado de Combate de Cavalaria ou VBC-CAV 8×8.

TORRE HITFACT

Neste momento, a empresa está focada nos projetos de revitalização/modernização de viaturas blindadas do EB e investe nos estudos e na capacitação de seus colaboradores. “Todo esse investimento tem como objetivo atender o Exército Brasileiro. Esses projetos são complementares ao nosso portfólio de soluções e darão continuidade ao nosso trabalho, e já temos um amplo conhecimento no assunto, pessoal qualificado e capacidade instalada para isso”, afirmou o diretor de marketing.

Com a entrega da proposta de modernização do Cascavel para o Exército, atualmente, a ARES está voltada para concluir os estudos para a atualização e revitalização do Leopard 1A5BR em solo pátrio. “Em nossos projetos, nós sempre atuamos em parceria com os nossos clientes, buscando elevar no máximo os níveis de autonomia tecnológica do País ”.
Com mais de 50 anos de experiência comprovada no País, atendendo com excelência às Forças Armadas Brasileiras no desenvolvimento, na produção, no fornecimento e no suporte logístico de produtos que incrementam suas capacidades operacionais, a Ares Aeroespacial e Defesa é uma empresa orientada para inovação que investe constantemente em qualificação e capacitação de seus colaboradores, acrescentando valor e produtividade à força de trabalho.
A companhia estruturou o primeiro Centro de Excelência, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, no desenvolvimento e fabricação de Estações de Armas e Torres no Brasil, mantendo sempre a cooperação no desenvolvimento de novas tecnologias e soluções em conjunto com as Forças Armadas e parceiros.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:COBERTURA