ARDESTAQUE

BLUE 672, o MIG-21 cubano “stealth” que invadiu o espaço aéreo americano sem ser detectado!

O MIG-21 Lancer Blue 672
O MIG-21 Lancer Blue 672 na NAS Key West.

Se um avião militar estrangeiro entrar no espaço aéreo americano, as Forças Armadas dos Estados Unidos apreendem a aeronave e prendem o piloto intruso, ou derrubam o aparelho e depois perguntam do que se trata?

Mas, e se essa aeronave conseguir driblar radares, satélites, observadores em terra e pousar em uma base aeronaval da US Navy na Flórida sem ser detectado, o que acontece?

Em setembro de 1993, um caça MiG-21 “Fishbed” da Força Aérea cubana fez exatamente isso.

O que tornou ainda mais notável é que o piloto cubano pousou na NAS Key West, FL (a instalação militar mais próxima de Cuba com uma pista de pouso, exceto, é claro, a Baía de Guantánamo que fica na ilha de Cuba) sem ser detectado.

E NÃO FOI A PRIMEIRA VEZ QUE ISSO ACONTECEU!

O “Fishbed” não era de forma alguma um caça furtivo e o avião não tinha um sistema funcional de guerra eletrônica a bordo, mas de alguma forma ele foi completamente ignorado pela Força Aérea dos EUA, Marinha dos EUA, Guarda Costeira dos EUA e a área de controle de tráfego aéreo civil do sul da Flórida.

A primeira vez que ele foi notado foi quando um observador da Marinha dos EUA na torre de Key West notou algo no canto do olho, olhou para cima, e viu um MiG-21 na aproximação final.

Gostaria imensamente de ver a expressão no rosto desse militar americano quando a ficha caiu “É um MIG-21 cubano!!!”

Nas fotos de Timothy L. Flowers é possível observar em detalhes o Blue 672 em um hangar da NAS Key West.

Após alguma deliberação, foi decidido que o piloto, que pediu para desertar, se qualificaria sob a então política do presidente Clinton para refugiados caribenhos, independentemente de suas razões de asilo.

Ele foi autorizado a permanecer nos EUA como asilado político.

Para o avião, a única coisa que chamou a atenção além de um MIG-21 cubano aparecer do nada, foi verificar que o “672” tinha como único equipamento razoavelmente moderno, a ligação de dados ar-terra “Lazur” de fabricação soviética (dos tempos da Guerra Fria).

Nem o avião nem nenhum sistema a bordo tinha valor de inteligência, então a Marinha dos EUA só queria que ele, o MIG-21stealth” constrangedor saísse da base.

Essa aeronave foi pilotada de volta para Cuba; existem duas versões sobre esse voo de volta ao Regime Cubano, sendo uma delas um segundo piloto cubano voando comercialmente para Key West e depois para casa; a outra sendo um piloto da Federação Russa voando de volta para Cuba.

A notícia no Washington Post daquele dia de 1993:
Um capitão da Força Aérea cubana, identificado como Enio Ravelo Rodriguez, 32 anos, pousou um caça a jato desarmado MIG-21 em uma base da Marinha dos Estados Unidos, na segunda deserção desse tipo em menos de três anos (Em março de 1991, o major Orestes Lorenzo da Força Aérea Cubana voou uma MIG-23 até o pouso na NAS Key West sem ser detectado pelos radares americanos, contornando a ilha Boca Chica Key algumas vezes antes de pousar. ).
Na época da deserção do MIG-21, o Departamento de Defesa afirmou ter detectado o cubano no radar. “O pessoal de serviço em Key West sabia que algo estava chegando”, disse na época o então capitão Jeff Zakem, porta-voz do Comando Atlântico dos Estados Unidos em Norfolk “Foi detectado por um curto período de tempo antes de pousar, por uma questão de minutos”.
Não havia mísseis ou bombas no caça, que estava armado apenas com seu canhão interno, do tipo Gsh23 de 23 mm.
O MIG-21 de um só assento pousou em NAS Key West, que ocupa parte da Ilha Boca Chica Key, por volta das 12h45.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

2 Comments

  1. Simplesmente incrível.

  2. queria ver esses cubanos com esses mig21, que poderia vim aqui no Brasil e ficar branco também,e testar a nossa defesa.😂😂😂😂😂

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in:AR