COBERTURADESTAQUEMARVÍDEO DO DIA

ADEREX 2022: Rio Espirito Santo – Destaque G40 Bahia da Marinha do Brasil e Força de Fuzileiros CFN!

Créditos das fotos: SG-FN-IF Albuquerque

Aprimorar as técnicas para desembarque de meios e militares em terra a partir de navios da Esquadra, tanto por superfície, quanto por helicópteros.

Esse é o ponto central da Operação Aderex-Anfíbia 2022, que começou no dia 28 de junho e vai até o dia 08 de julho na área marítima entre os estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo.

É uma grande oportunidade de capacitação, pois a Força de Fuzileiros da Esquadra conduzirá uma incursão anfíbia, preparando nossos efetivos para a projeção do mar para terra, seja utilizando Embarcações de Desembarque e Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf), seja utilizando aeronaves.

A operação permitirá ainda a infiltração de elementos de operações especiais por meio de técnicas como Salto Livre Operacional (método de infiltração em um terreno de difícil acesso por paraquedismo) e Tethered-Duck (desembarque feito de um helicóptero em meio aquático com bote e equipamento necessário ao cumprimento de uma missão de combate)”, disse o Comandante da Força de Desembarque, Capitão de Mar e Guerra Luís Felippe Valentini da Silva.

“A Aderex-Anfíbia 2022 é uma oportunidade de nós estabelecermos um contato próximo com a comunidade marítima. Nesse caso, no Rio de Janeiro e no Espírito Santo, demonstrando a nossa capacidade de prover a segurança marítima, em especial da Bacia de Campos. Assim como oferecer a oportunidade da comunidade capixaba conhecer os nossos navios e entender melhor o nosso trabalho”, destacou o Comandante do Grupo-Tarefa, Contra-Almirante Marcelo Menezes Cardoso.

Participam do treinamento cerca de 1.700 militares, embarcados no Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) “Almirante Saboia”, no Navio Doca Multipropósito “Bahia”, na Fragata “Constituição”, na Fragata “Liberal”, no Navio de Apoio Oceânico “Purus”, no Navio-Patrulha Oceânico “Apa”, no Navio-Patrulha “Macaé” e na Embarcação de Desembarque de Carga Geral “Camboriú”.

A tropa de Desembarque empregará Carros Lagarta Anfíbios, Viaturas Blindadas sobre rodas “Piranha”, Viaturas Unimog S5000 e Obuses 105mm Light Gun.

O Grupo-Tarefa será apoiado ainda pelas aeronaves Super Cougar (UH-15), Seahawk (SH-16), Super Lynx (AH-11B), Esquilo (UH-12), Skyhawk (AF-1), da Marinha do Brasil, e a aeronave P-3AM, da Força Aérea Brasileira, além de um destacamento de Mergulhadores de Combate e elementos de Operações Especiais.

FONTE: Agência Marinha de Notícias

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:COBERTURA