ARCOBERTURADESTAQUEVÍDEO DO DIA

BAE Systems e Embraer irão explorar potenciais variantes de defesa para o eVTOL da Eve

A BAE Systems e a Embraer Defesa e Segurança anunciaram planos para um estudo conjunto para explorar o desenvolvimento da aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical (eVTOL) da Eve para o mercado de defesa e segurança.

O estudo baseia-se no desenvolvimento da Eve para o mercado de mobilidade aérea urbana e analisará como a aeronave poderia fornecer capacidade econômica, sustentável e adaptável como uma variante de defesa.

Engenheiros do setor aéreo da BAE Systems em Lancashire, Reino Unido, trabalharão em conjunto com a equipe de Defesa e Segurança da Embraer baseada em São José dos Campos, interior de São Paulo, para explorar como uma variante de defesa poderia ser usada para uma gama de aplicações como transporte de pessoal, vigilância e reconhecimento, alívio a desastres e resposta humanitária.

O eVTOL da Eve pode ajudar a transformar as operações de defesa, ao mesmo tempo que reduz seu impacto ambiental a um custo operacional muito menor do que as plataformas atuais.

“Esta colaboração com uma das principais empresas de defesa do mundo nesta tecnologia vibrante e revolucionária está em linha com nosso objetivo de estabelecer parcerias estratégicas. Esperamos identificar outras formas pelas quais nossas organizações possam trabalhar juntas e se beneficiarem das ricas experiências e reputações de cada uma. A colaboração nos permite explorar talentos de todo o mundo em nosso interesse mútuo de desenvolver soluções inovadoras e sustentáveis”, disse Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa e Segurança.

“A combinação da tecnologia inovadora da Embraer no setor comercial, aliada à nossa extensa experiência em engenharia de defesa e integração de sistemas, nos ajudará a acelerar o ritmo de novas inovações. Este estudo conjunto é um ótimo exemplo de como estamos cumprindo nosso compromisso de colaborar para explorar tecnologias novas e sustentáveis para nossos clientes”, disse Para Ian Muldowney, COO da BAE Systems Air.

A aeronave totalmente elétrica faz parte do compromisso da Embraer com a aviação mais sustentável e é fruto da Eve, empresa independente dedicada a acelerar o ecossistema global de Mobilidade Aérea Urbana (UAM).

O estudo conjunto apoia diretamente a estratégia da BAE Systems para acelerar o desenvolvimento de tecnologia sustentável por meio de um investimento maior em pesquisa e desenvolvimento, bem como trabalhar com parceiros da indústria, PMEs e academia.

O eVTOL é um produto que está sendo desenvolvido pela Eve UAM, LLC, uma empresa Embraer.

A Embraer firmou recentemente um acordo de combinação de negócios definitivo com a Zanite Acquisition Corp, uma sociedade de aquisição de propósito específico (SPAC), com o objetivo de listar a Eve na NYSE.

Entenda a parceria EDS/BAE Systems

As ações da fabricante de aviões brasileira Embraer SA dispararam na terça-feira depois que a empresa anunciou que havia concordado em combinar sua subsidiária de aeronaves elétricas Eve com a Zanite SPAC e listá-la na Bolsa de Valores de Nova York.

A transação avalia o patrimônio de Eve em US $ 2,9 bilhões e incluirá a combinação com a Zanite Acquisition Corp e um investimento adicional de um grupo de investidores que inclui Embraer, Zanite, investidores financeiros e parceiros estratégicos como Azorra Aviation, BAE Systems, Republic Airways, Rolls-Royce e SkyWest Inc.

Após as transações, Eve, listada na NYSE sob o ticker EVEX, terá uma posição de caixa de $ 512 milhões que será usada para desenvolver seu táxi voador.

A previsão é que a empresa comece a operar no segundo trimestre de 2022, após o fechamento do negócio com a Zanite.

Eve Urban Air Mobility também possui parceria com a Ascent.

Eve já tem uma carteira de pedidos de mais de US $ 5 bilhões.

Entre os clientes com pré-pedidos estão locadores, operadores de helicópteros e empresas de compartilhamento de caronas.

Após anunciar a listagem de Eve, a Embraer também anunciou novos pedidos.

A Azorra, com sede na Flórida, um dos investidores da Eve, encomendou 200 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL) da Eve.

A Republic Airways, também investidora, fez um pedido de até 200 evTOLs, com o objetivo de implantar uma rede eVTOL nos mercados da Costa Central e Leste dos Estados Unidos.

Skywest, parte do mesmo grupo de investidores, encomendou 100 aeronaves elétricas procurando desenvolver uma rede regional nos Estados Unidos, enquanto a BAE Systems trabalhará com Eve para explorar o desenvolvimento de seus eVTOLs para o mercado de defesa.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:AR