ARDESTAQUE

1º Seminário de Fomento da Indústria Aeroespacial

O Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI) realizará, no dia 12 de maio, às 9 horas, o 1º Seminário de Fomento da Indústria Aeroespacial.

Atendendo os protocolos sanitários, a participação do público em geral será realizada de forma on-line e as inscrições podem ser feitas gratuitamente neste link.

O evento discutirá o papel estratégico do acúmulo de capacidades pelas empresas aeroespaciais, por meio das compensações tecnológicas, industriais e comerciais (offset) advindas das aquisições da Força Aérea Brasileira.

Inspeção

No último dia 20, o Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI) foi inspecionado pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA).

Os trabalhos tiveram início às 8h15, no Auditório Azul, com a apresentação do DCTA, centrada nos dados da última inspeção e nos prazos dos relatórios que deverão ser elaborados.

Em seguida, o Diretor do IFI, Cel Av Luciano Barbosa Magalhães, fez a apresentação do Instituto, destacando sua estrutura organizacional, suas realizações nos últimos meses e os principais óbices para o futuro.

Na sequência, o Diretor-Geral do DCTA, Ten Brig Ar Hudson Costa Potiguara, proferiu algumas palavras que deram início aos trabalhos de inspeção.

A inspeção setorial feita pelo DCTA em todas as suas organizações militares subordinadas tem como referência a ICA 121-6, de 2019.

Neste ano, a exemplo do que ocorreu no ano passado, as restrições impostas pelo combate ao coronavírus limitaram as áreas inspecionadas presencialmente.

Desse modo, uma equipe de 16 inspetores e auxiliares, lideradas pelo Cel Int Paulo José da Silva Souza, concentrou-se no acompanhamento das atividades dos seguintes setores: Recursos Humanos, Segurança do Trabalho, Controle Interno, Infraestrutura e Patrimônio, Tecnologia da Informação, Capacitação, Segurança e Governança.

As áreas que ficaram de fora da inspeção presencial, todavia, responderam a um questionário com perguntas relativas às obrigações de cada setor.

Segundo o Diretor do IFI, as atividades de inspeção são uma oportunidade de aprimoramento para o Instituto. “Vejo a inspeção com bons olhos. Trata-se de uma oportunidade que temos de rever problemas, adequar processos e trabalhar com certas coisas que, pelo foco na atividade-fim, não temos tempo de priorizar. A inspeção representa ainda um alinhamento com as diretrizes do DCTA e uma oportunidade de mostrar a excelência de nosso trabalho”.

What is your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Roberto Caiafa
Jornalista e Repórter Fotográfico especializado na Editoria de Defesa com mais de 15 anos de experiência profissional. Corresponsal no Brasil de Infodefensa desde abril de 2011. Youtube Canal Caiafamaster (https://www.youtube.com/c/caiafamaster)

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in:AR